quinta-feira, 2 de abril de 2020

Atletas da Natação PCD retornam para Brasil após quarentena na capital do Equador

Atletas da Natação PCD retornam para Brasil após quarentena na capital do Equador


Prefeitura adiantou ajuda de custo para equipe, que chegou na madrugada de terça (31)
O grupo de nove atletas e um técnico da Natação PCD da Secretaria Municipal de Esportes/ADI voltou do Equador na madrugada da última terça-feira (31), após dez dias de espera. A viagem foi realizada para que os nadadores se preparassem para as classificatórias dos Jogos Paralímpicos, aproveitando a altitude de 2.550 metros da cidade de Cuenca. Agora, todos aguardam em quarentena por novas datas para as seletivas, que serão divulgadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A Secretaria Municipal de Esportes acompanhou diariamente a situação dos atletas, auxiliando com a antecipação da ajuda de custo e pedidos junto ao Ministério da Defesa e das Relações Exteriores.
“Ficamos felizes pelo retorno dos atletas, que estão de volta à segurança de seus lares. Todos estão bem de saúde e agora serão acompanhados por seus familiares”, destaca o secretário municipal de Esportes, Marcos Antônio de Moraes, o Marquinhos. “A Prefeitura deu toda assistência, enquanto os trâmites diplomáticos e burocráticos eram resolvidos pelo CPB e órgãos federais”.
O treinamento da equipe foi planejado entre os dias 3 a 21 de março, em Cuenca. Em seguida, os atletas buscariam seus índices no Open de Natação Paralímpica, que aconteceria entre os dias 26 a 28, em São Paulo, competição que foi cancelada no dia 13 pelo CPB. No dia 15, o Aeroporto de Cuenca fechou e o técnico Antonio Luiz Duarte Candido, o Maceió, entrou em contato com o Consulado. A equipe então foi transferida para Quito, onde ficou em um hotel fechado para hóspedes, com estadia paga pelo Comitê. O embarque aconteceu no Aeroporto Internacional de Sucre, na noite do último dia 30, em avião fretado pela Embaixada Brasileira.
Maceió comenta os mais difíceis da quarentena no Equador. “A incerteza da volta, pois não tínhamos uma data. Isso dificultava muito”, destaca. “Não conseguia descansar, pela preocupação e também pelo barulho de sirenes, alarmes e polícia. As noites eram bem agitadas”. Para ajudar os atletas, o técnico recomendou a todos diversas atividades. “Era para que eles não ficassem dentro do quarto apenas, para que pudéssemos ter um momento mais tranquilo e de higiene mental”.
As atividades eram diversas. “Cozinhar, fazer yoga e circuito eram algumas das atividades que fazíamos. Dependia do dia e da condição mental do grupo”, conta Maceió. “Na cozinha, todos ajudavam. Na yoga, quem puxava a fila era a Cecília (Kethlen Jeronino de Araújo, atleta do grupo)”.

Confirmação
Segundo Maceió, a notícia do retorno demorou para ser assimilada. “A ficha caiu mesmo quando estávamos no avião. A primeira confirmação foi para quarta (dia 1º), depois anteciparam para terça (31) e acabamos saindo do Equador na segunda (30)”, lembra o treinador, que classifica a experiência junto a sua equipe. “Já passei por alguns desafios na carreira e este foi mais um para me fortalecer e preparar psicologicamente para a vida. A união que presenciamos no Equador vai além do lado esportivo”.
Sobre o adiamento dos Jogos Paralímpicos para 2021, o técnico foi categórico. “Decisão acertada. Teremos tempo para nos planejar e preparar”, afirma. “Agora, precisamos esperar para restabelecer nossa rotina de preparação. Depois, sabendo as datas para obtenção das marcas, é treinar para brigar por uma vaga em Tóquio”.


Mosteiro de Itaici disponibiliza quartos de repouso para equipes de saúde de Indaiatuba

Há também ala de isolamento para profissionais infectados se recuperarem



O Mosteiro de Itaici/SP ofereceu para o município de Indaiatuba 117 quartos para abrigar profissionais de saúde que estão na linha de frente ao combate da Covid-19. As instalações contam com pequeno apartamento, Sala de TV com WiFi e restaurante. A Prefeitura de Indaiatuba irá colaborar com a alimentação e limpeza do local.
Os quartos estão divididos em ala vermelha, a qual abrigará os profissionais de saúde infectados pelo Coronavírus e precisam cumprir a quarentena longe dos familiares e em ala verde, que são para aqueles que desejam descansar sem correr o risco de levar uma possível infecção para a família.
Em nota o Mosteiro de Itaici disse. “Nessa atmosfera de corona vírus surgiu a ideia de colaborar fraternalmente com o município de Indaiatuba/SP, daí oferecer um ‘Lugar de repouso para médicos e agentes de saúde’ que trabalham nas UTIs da cidade. Estes técnicos da saúde que lidam diretamente com pessoas infetadas, são conscientes que podem levar facilmente o Corona vírus para suas casas e famílias, daí o Projeto Curar, pois podem escolher o Mosteiro, como alternativa às suas moradias. Queremos cuidar daqueles que nos curam”.

Foto: Arquivo- Eliandro Figueira RIC/PMI

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Município registra mais duas mortes suspeitas por Coronavírus

Adolfo Lutz descarta mais um caso suspeito de Indaiatuba

Entre a tarde de terça-feira (31) até a manhã de hoje, quarta-feira (1º), foram registrados mais dois óbitos de pacientes internados no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) com suspeita de Covid-19. Outra atualização é o descarte de mais um caso suspeito, o resultado chegou hoje pelo sistema do Instituto Adolfo Lutz. Indaiatuba aguarda o resultado de mais 99 casos suspeitos.
Um óbito é de um homem de 45 anos, tabagista proveniente da UPA no dia 31 de março deu entrada com síndrome gripal, tosse seca a mais de dois meses, ficou com falta de ar, foi internado no Haoc e foi a óbito no mesmo dia. O segundo registro foi o de uma mulher de 73 anos. Foi internada no dia 8 de março, era tabagista passiva, asmática, pressão alta e com problema renal, apresentou quadro de pneumonia e faleceu no dia 1º de abril. Ambos colheram exame para Covid-19 e está em análise no Lutz.

SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA

110 notificados 
02 casos confirmados 
11 casos descartados 
99 aguardando resultado 
03 casos suspeitos internação clínica 
02 casos suspeitos em UTI 
05 óbitos com suspeitas covid-19 
00 óbitos confirmados 

Indaiatuba receberá R$ 1,9 milhão do estado para investir em tratamento contra a covid-19

Recurso será para investimento em centros de referência contra o coronavírus



Indaiatuba vai receber R$ 1.975.264,00 do Governo do Estado para o investimento nas ações contra o coronavírus na cidade. O deputado Estadual Rogério Nogueira (DEM) fez uma solicitação para que Indaiatuba e Salto recebessem recursos para o combate à Covid-19, doença causada pelo vírus. Nesta quinta-feira (26) o governador João Dória anunciou o repasse de R$218 milhões para 80 municípios com mais de 100 mil habitantes exclusivamente para o combate ao coronavírus.
De acordo com Rogério a cidade de Salto também será beneficiada e receberá R$ 940.488,00. “Este recurso será aplicado na instalação de centros de referência e hospitais de campanha para atender os pacientes da Covid-19. Indaiatuba e Salto serão referência para o atendimento da doença aqui na região. Hortolândia e Itu também serão beneficiadas com o recurso estadual”, comentou.
“Ficamos muito satisfeitos com esse anúncio, afinal, com mais este recurso que virá do Governo Estadual teremos condições de reforçar e ampliar nossas ações, cuidar da população e salvar vidas de pessoas que se contaminarem com o coronavírus”, ressaltou o prefeito Nilson Gaspar.
O gestor municipal esclareceu que a cidade já está sendo adaptada para oferecer o tratamento adequado para os casos suspeitos da doença. “Como parte do plano de enfrentamento ao coronavírus, o recém-reformado centro cirúrgico no Hospital Dia está sendo adequado para serem montados 10 leitos de terapia intensiva adulto (UTI). No Haoc também foram feitas adaptações, entre elas, dez leitos isolados na enfermaria, oito leitos de UTI para pacientes com síndrome respiratória, entre outras ações locais para enfrentar essa epidemia”, reforçou Gaspar.
Até este momento Indaiatuba tem 99 casos suspeitos, 94 em análise, cinco descartados, nenhum confirmado e dois óbitos suspeitos.
Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

Vacina contra a gripe está esgotada e Estado de SP não deu previsão de envio de novo Lote

Município já recebeu mais de 21 mil doses


A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria de Saúde informa que estão esgotadas as vacinas contra a gripe em todas as Unidades de Saúde. Por tanto, os idosos não devem sair de casa até novo comunicado de reabastecimento. O Estado de SP é o responsável pelo envio dos lotes aos municípios e até a data de hoje, quarta-feira (1º) não há previsão de chegada das vacinas. O município já recebeu mais de 21 mil doses.

CALENDÁRIO DE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA

- A partir de 23 de março: Idosos com mais de 60 anos ou trabalhadores de saúde podem tomar a vacina;
- A partir de 16 de abril: É a vez dos professores e profissionais de segurança e salvamento;
- A partir de 9 de maio: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, doentes crônicos, pessoas com 55 anos ou mais, grávidas, mães no pós-parto, população indígena e portadores de condições especiais;
- Dia D de vacinação: 9 de maio

terça-feira, 31 de março de 2020

NOTA COVID-19 - Nº20 - 31/03 - Indaiatuba registra mais um caso confirmado para Covid-19


Mais um óbito suspeito está em análise no Instituto Adolfo Lutz
A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria de Saúde informa que recebeu hoje terça-feira (31) de laboratório particular credenciado pelo Instituto Adolfo Lutz, mais um exame positivado para a Covid-19. A paciente é mulher, 39 anos, esposa do primeiro caso, confirmado na segunda-feira (30), está com sintomas leves. Ambos estão em isolamento domiciliar desde o dia 20 de março.
Na madrugada de hoje o Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) registrou um óbito suspeito por Covid-19. Trata-se de um homem de 64 anos, diabético, com doença cardiovascular crônica e obesidade. Foi internado no dia 27 de março com quadro de tosse e febre, foi diagnosticado com pneumonia e encaminhado para UTI onde permaneceu intubado. O exame para Covid-19 foi coletado e está no Instituto Adolfo Lutz para análise.
EDUCAÇÃO.

A Secretaria de Educação informa que as escolas municipais ficarão fechadas a partir do dia 1º de abril. Até então as unidades escolares estavam abertas para serviços administrativos e esclarecimento de dúvidas.
SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA
103 notificados
02 casos confirmados
10 casos descartados
91 aguardando resultado
06 casos suspeitos internação clínica
02 casos suspeitos em UTI
03 óbitos com suspeitas covid-19
00 óbitos confirmados

segunda-feira, 30 de março de 2020

Indaiatuba confirma primeiro caso positivo para Covid-19

Paciente tem 36 anos está em isolamento domiciliar desde o dia 20

A Prefeitura de Indaiatuba por meio do Departamento Epidemiológico da Secretaria de Saúde recebeu na manhã de segunda-feira (30) um exame positivado para Covid-19 de laboratório particular credenciado pelo Instituto Adolfo Lutz. O anuncio do resultado foi pelo prefeito Nilson Gaspar (MDB) junto com a secretária de Saúde Graziela Garcia e a secretária de Relações Institucionais e Comunicação, Graziela Milani, durante Live transmitida na página oficial da Prefeitura no Facebook.
O paciente é um homem de 36 anos e passou em rede privada de saúde onde colheu o exame no dia 25 de março, no entanto ele está em isolamento domiciliar desde o dia 20 quando percebeu os primeiros sintomas. A esposa do paciente também apresenta os sintomas de forma leve e colheu exame na rede particular, a filha está assintomática em monitoramento e ressaltando que a família está em isolamento absoluto.
Hoje o paciente passa bem e não apresenta mais os sintomas, a equipe da Vigilância Epidemiológica está monitorando o caso.

SITUAÇÃO EPÍDEMIOLÓGICA
102 notificados
01 caso confirmado
09 casos descartados
92 aguardando resultado
03 casos suspeitos internação clínica
04 casos suspeitos em uti
02 óbitos com suspeitas covid-19
00 óbitos confirmados